12/04/11


Tives-te tantas oportunidades para mudar, e porquê é que não as agarras-te? Tives-te todo o tempo do mundo para te explicares, e porquê é que não o usas-te? Tinhas uma vida feliz, porque não continuas-te com ela?
É verdade, raramente te vejo, mas estás feliz? (Se és feliz sem as filhas que crias-te, sem a vida que antes tinhas, quem merece uma salva de palmas és tu, e até agradeço pela consideração que tens por nós (-.-).
Não digo que és o pior pai do mundo, porque iria mentir, e não era justo, porque sei, que de alguma parte fizes-te de tudo para que a mim e à mana nada nos faltasse, mas tens que admitir que podias ser melhor. E então, porque quises-te tirar-nos isso tudo? A alegria, a felicidade, o amor ... Nós éramos uma família feliz, éramos sim!
E... vamos reconstruir tudo outra vez, sabes? E quando reparares no nosso longo percurso, ao que tenha valido a pena, espero que vejas bem o que perdes-te por uma mera estupidez tua.

Vemo-nos na Páscoa (:

(desabafo.)

10 comentários:

joanarocha disse...

que lindo !

joanarocha disse...

obrigada eu :)

Renato disse...

Boa Páscoa :) espero que as coisas corram bem :)

Renato disse...

De nada :)
Sempre às ordens

• cláυdiaӘomes. disse...

FORÇA *

Mariana Rodrigues disse...

Adorei filhinha *.*
Força :)

inês disse...

sigo*

ritinhafernandes disse...

está lindo sabes? apesar de ser sobre o assunto que se trata e de estar um pouco triste, está lindo!
muita força, e que na páscoa tudo corra bem!*

inês disse...

obrigada, já agora muita força!

marianacortez disse...

- haha , mesmo (:
- gosto deste texto *